sexta-feira, 25 de março de 2011

Sexo casual entre o Bem e o Mal

Feitos de céu e inferno
São espectros encorporados nos humanos
Esse disfarce de nós mesmos
Essa paradoxialidade incessante
Deuses da sociedade
Fracos e ambiciosos
Matando e sonhando
Espancando e rezando
Fazendo caridade para os outros
E ardendo de pecado dentro de si
Essa parceria entre Deus e Diabo
Dentro de um mesmo mortal
Fazendo da Terra um inferno
Esperando no final ir para o Paraíso
Cutucando o Bem de forma maldosa
Estrangulando o Mal com a bondade
Pedindo paz e esperando por guerra
Ajoelhando por salvação
Levantamos
e caminhamos para a perdição
Vendemos nossas almas
Alimentamo-nos de outras almas
Queremos a morte dos que erram
Não por justiça, mas por prazer
Buscando sabedoria e ciência
Para acabar com nós mesmos

Um comentário: