terça-feira, 31 de agosto de 2010

De dentro para o mundo

Saia da Vossa Senhoria
O mundo é muito mais do que iguaria
O interior deve se exibir
Quando se tem riqueza para compartir

O nosso mundo so é mundo
Quando deixamos que seja profundo
Aos olhos de quem quer ver
O profundo se faz por merecer

A matematica da vida nos engana
E a vida passa sem historia ou gana
E assim a ciencia é passageira
E a nossa filosofia nunca é derradeira

Saber viver ainda sim uma incognita
E no mais, tudo fica para tras
E por isso a quem quiser ouvir eu digo
Tudo é caminho, e por isso eu sigo

Sigo enquanto isso
Sigo para aonde meus pés me levam
Pés sabios guiados por dois extremos
E os dois sempre se revelam

Nao somos so alma
Nao somos so razao
Expandir horizontes é consequencia
Resultado dessa vida, iminencia.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Happy ever after, but not before

I am wandering around the streets
Grimaces all over the sudden
I watch them pass by me
I do not recognize them though.

I have the feeling I do not belong here
where the faces are no longer familiar
and the attitudes are flimsy
where should I go then?

My eyes are tearing
my soul is shivering
Where else to go?
I will just keep the flow

The dawn comes up
But not does the glow
The vesper takes place
I am lying, I am awaiting

My tears are not helpful
My anger is unsuccessful
My inertia is delaying the pace
And my anxiety leads me to desgrace

Between heaven and hell
I choose what does me well
I want some more
I will wait by the shore

Until the day I can see
Someone who with me will finally agree
Someone who understands my way
Someone who will not get away

Through my madness I invent
With my strengh I intend
I will no longer wait
I will help my fate

And with much more than now
I will find it somehow
A way to make it real
And I will keep this deal

With happiness then, I could find
The one who was always on my mind
Back in time, ahead in the line
Again I can taste the sweetest fear

I am no longer on my own
Our feelings have grown
And with nothing but aim
We ended our pain.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

A nossa verdade

E quando a baldada vontade de desistir chega, voce a exonera, e espera... Espera que o tempo cure ou cuide, espera que um dia voce recupere a sua sanidade, ou que outros a recuperem. Voce sabe que nada pode voltar ao normal, mas voce tambem sabe que tudo pode ser como sempre quis. E voce espera...espera que as coisas se encaminhem e que tudo se reencontre. Voce desacredita em todos, faz voce mesmo de estupido algumas vezes, porque voce simplesmente sabe. Sabe que o que voce sente nao pode ser mera ilusao. Sabe que todo o caminho que voce percorreu nao foi em vao. Voce sabe, e por algum tempo, so voce sabe e so voce acredita naquela verdade; mas ela eh sua. E sempre vai ser na sua verdade que voce vai ter que acreditar. A verdade dos outros nem sempre nos cabe, e entao voce precisa apostar nela, na sua verdade, e guarda-la para quando ela estiver pronta para ser uma verdade publica. As nossas verdades temos que amadurecer dentro de nos antes de exigir-mos que os outros acreditem. Quando nos mesmos nao tivermos duvidas algumas de que aquela verdade eh a essencia de toda a nossa vida, e que foi com aquela verdade que crescemos e aprendemos, e que eh dessa verdade que nossos dias foram compostos, ai sim essa sua verdade pode ser compartilhada. A chave de tudo isso, eh nao ouvir conselhos nem certos e nem errados, eh seguir pelo caminho que voce acredita ser o melhor, que com ou sem erros, eh assim que voce chega aonde deve. Assim que a cada dia as coisas se acertam mais pra mim, porque nunca deixei de acreditar nas minhas proprias realidades.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Passos de magia

Passos de magia deslumbram o caminho.
Sera longo e frutifero?
Ou sera curto e sombrio?
No canto de cada ser
Nao sou a que os engana
Enganam a si mesmos
Aqueles que nao me escutam dizer
Que incerto e estimulante
sao passos de magia que seguem adiante;
E que serei passagem e memoria
ou talvez nao farei parte de nenhuma estoria.
Tolos aqueles que se deixam levar
Passos de magia que somem ao meu caminhar.
Caminharei para longe em todo final
E caminharei para perto de um novo inicio
Que por sua vez me fara andar para mais longe.
Espere entao de mim nada mais que o fim
Ao longo de toda sua caminhada,
a sua vontade de descanso se torna encorajada.
Passos de magia nao sao o suficiente
Desde que o mundo se chama mundo
A angustia final nunca foi contente.
Realidade nao faz mal a ninguem
Passos de magia posso contar no dedo a quem.
Desista de ilusoes e alusoes,
Coloque suas pedras para que eu tropece
E que junto com o meu caminhar
Tambem encurte o seu pesar.
De bons conselhos que ja dei,
O melhor de todos a voce vou dar
Escuta a quem vos fala,
De nada vale me amar.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Viagem dentro de mim.

Muitas pessoas me perguntam sobre a minha experiencia no US. A comecar pelo fato que a preparacao pra ir eh mt mais emocionante do que a viagem em si. Eh um processo muito bom dentro da gente. Decidir largar emprego, largar familia, largar seus amigos por uma aventura nova, ja eh uma grande mudanca dentro de vc. Requer coragem pq vc sabe que pode tudo dar errado e que todo aquele esforco pode ter sido em vao. Mas o bom eh que nunca eh em vao. Com cada experiencia, boa ou ruim, a gente extrai conhecimento, o que nao tem preco. Bom, dai voce decide mudar toda a sua vida, por uma vida que voce nao faz ideia de como vai ser; no meu caso pelo menos, pq sai daqui pra ser baba, morar na casa de uma familia americana, e passar de um a dois anos nisso. Sai de casa com minha familia chorando, e nao olhei pra tras. Sabia que aquilo seria unico pra mim, em varios sentidos. Fui sozinha, entrei no aviao ja fazendo amizade com uma americana, o q me deu seguranca. Vi tudo la do alto, dormi e acordei dentro do aviao. Cheguei naquele pais tao sonhado por todos. Passei 5 dias incriveis em NYC. Fui ao central park, tomei cafe da manha americano, fiquei no Ramada New Yorker Hotel, o hotel que fazem filmes, era surreal o q eu tava vivendo. Esse momento que fiquei deslumbrada nao mudou mt em mim. O que mudou foi qnd fui pra NJ, e tive que me virar, dirigir, cozinhar, passar, lavar, tirar documentos, etc...era como recomecar tudo em um lugar onde eu nao sabia de nada. Quando cai a ficha de que aquilo nao era pra mim, pois ainda nao estava preparada pra tanta responsabilidade, cai em desespero. Responsabilidades eu tinha aqui, mas ter responsabilidade sabendo que qlq coisa q vc precisar a sua familia vai ta la pra te ajudar eh uma coisa, estar sozinha num pais q ngm eh do msm sangue q o seu, eh outro. E a parte que mais causou mudanca em mim e na minha personalidade, foi qnd depois de 1 mes e meio, decidi voltar. Decidi mais uma vez largar tudo que tinha conquistado por outra vida. A minha vida de sempre. Foi ai que eu notei que tinha mais coragem ainda. Nao ouvi as pessoas me dizendo que era errado e covarde. Eu nao estava bem la, e minha saude mental estava abalada, entao tomei a decisao mais dificl de todas: desisti do meu sonho. O sonho era meu, e eu podia fazer dele o que quisesse. Foi ali que aprendi a dar valor a minha familia, ao meu emprego, ao Brasil. Foi naquele momento que identifiquei minha verdadeira personalidade. Foi ali que eu vi que nada iria me impedir de ser feliz, nem mesmo um erro. Nao me arrependo de ter ido. Vivi momentos surreais, pois quem me fez estar ali foi eu msm. Eu que trabalhei, foi com o meu dinheiro e com a minha audacia que cheguei ate la. Cidades lindas, cultura diferente, aprendi muita coisa e o tempo que estive la apesar de pouco foi proveitoso. Apurei meu lado critico, acordei do sonho de que a vida la eh melhor do que aqui. A gente q faz a nossa vida. Se ela eh boa ou ruim, nao depende do nosso CEP, depende do que tem dentro da gente. Voltei de la feliz e realizada, principalmente por saber que podia voltar pra casa, toda a minha familia estava me esperando de volta e orgulhosa de mim. Nada paga essa felicidade.