quinta-feira, 29 de julho de 2010

Preterito mais-que-perfeito

Quando no final da minha vida eu olhar pra tras quero ver que minha vida teve sentido, para mim e para outras pessoas. Viver so por viver nao faz parte dos meu planos, mesmo que eles sejam incoerentes. O problema nao esta em cometer grandes erros, o problema provavelmene esta em nao aprender nada com eles; quero quando no final da minha vida, ter aprendido e ensinado. Nao somente ensinar o que eh present perfect ou quando usa-lo, mas compartilhar conhecimentos que so a experiencia traz. Quero ter me arrependido de muitas coisas, porque assim saberei tive escolhas e que mesmo eu tenha escolhido as opcoes erradas, eu terei tomado alguma decisao importante ao inves de deixar simplesmente nas maos do destino. Quero afirmar no final de tudo que fiz o que fiz por julgar o melhor para mim, e nao por ser aquilo que todo mundo julga melhor para todo mundo. Quero poder chorar de saudade de tempos que jamais voltarao; isso vai ser a confirmacao de que vivi uma vida feliz independente dos momentos dificeis. No fim da linha quero ter esquecido nomes, pois assim saberei que conheci tanta gente que a minha pouca memoria idosa nao vai conseguir comportar. Quero contar historias que fascinem as proximas geracoes. O meu grande sonho eh poder dizer que aproveitei as chances, que trabalhei ate nao aguentar mais, que bebi ate nao aguentar mais, e que chorei e engoli o choro. Quero achar o equilibrio no fim da minha vida, porque tenho certeza que durante eu nao acharei, isso exige muita sabedoria e nao tenho pressa de passar da fase do aprendizado. Quero olhar para toda a minha historia e rir dos problemas que tive, pois naquele momento nenhum deles sera tao importante assim, eu estarei indo embora. Pensar nesse momento so faz sentido por uma razao, a hora eh agora e se eu quiser ter isso tudo no final da minha vida, eu tenho que construir agora. O amanha, ate que ele seja hoje, nao existe. O final da minha vida pode ser a qualquer momento, mesmo que isso choque, a verdade eh que realmente nao sabemos. Espero fazer por merecer estar aqui e nao simplesmente ocupar lugar no mundo. Na minha ingenua e egoista concepcao, nao acredito que seja necessario salvar vidas ou transformar o mundo para fazer merecer a passagem pelo mundo das materias, mas sim fazer uso de tudo que existe contanto que nao seja contra alguem ou alguma coisa. Viver a vida ja eh uma forma de agradecer. Ficar parado pensando em maneiras de se mudar a Historia nao muda a Historia de fato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário